Constelações Sistêmicas segundo Bert Hellinger

Grupo e individual 

Durante a Constelacão Sistêmica uma pessoa pode trazer seu tema, sua preocupação, seu desequilíbrio, seja na família, nas relações afetivas, no trabalho, na saúde. Este tema pode ser trabalhado individualmente ou em grupo.

Dentro deste conhecimentos, a alma se revela como um campo fenomenológico, e então podemos olhar e sentir o que está acontecendo conosco, em meio a um sistema de relacionamentos, histórias, memórias, desejos em que estamos inseridos.

Podemos perceber os contextos ocultos, as tramas relacionais, e dramas que a racionalidade não pode alcançar.

Acessamos o momento em que vínculos essenciais foram rompidos, momentos em que nos emaranhamos com os destinos de outros, e com isso nos perdemos de nosso próprio caminho singular.

 

Este campo de muitas dimensões onde passado, presente e futuro se encontram e se mostram, é uma suspensão do tempo e do espaço como os conhecemos, e é sobretudo uma oportunidade de nos reposicionarmos diante do tema que nos faz sofrer, e seguirmos a direção que a alma aponta para a regeneração e cura.

Nos trabalhos em grupo somos beneficiados participando como representantes nos campos dos outros, ou seja, nos curamos ao constelar nosso tema e ao representar pessoas e forças nos trabalhos dos outros. 

 

 

Astrologia_%26_Constela%C3%A7%C3%A3o_BAS

Astrologia & Constelação Sistêmica / Constelando os mapas astrológicos

Grupo e individual

A abertura de um mapa astrológico permite a compreensão das forças planetárias atuantes no dia do nosso nascimento, em momentos passados, e no tempo presente.

Através dos planetas, suas naturezas, condições e aspectos, podemos nos debruçar sobre temas, acontecimentos, e encontrar pessoas da família de origem, amigxs, filhxs, parceirxs afetivos, profissionais, entre outrxs. E então acessar tensões, conflitos e formas de ajuda. 

Ao constelar o que se mostra no céu do mapa, podemos perceber um campo sistêmico, de relações que nos constituem, tornar visível emaranhamentos familiares e desequilíbrios dos relacionamentos. 

Este trabalho é baseado nas Constelações sistêmicas familiares segundo Bert Hellinger,  e pode ser realizado individualmente ou em grupo. Individualmente utilizamos o mapa e objetos, e em grupo temos o auxílio das pessoas participantes.

A constelação torna visível o que não conseguimos ver no cotidiano de nossas vidas, ou concluir com nossa racionalidade,  e temos a oportunidade  de olhar sob outras perspectivas, com a sensorialidade bem ativada. Então, a partir deste sentir, encontramos novas posturas, mais saudáveis, encontramos um bom lugar em meio à situação, e  permitimos que as forças regenerativas sigam atuando no imaginário-corpo.